Daily Archives: Xaneiro 22, 2017

GROLOS DE PAZ: “Desertor, unha canción pacifista de Lamatumbá

Estándar

O noso grolo de paz para este domingo é esta canción pacifista de Ourense Lamatumbá, que ten a seguinte letra en portugués, mais que poderedes entender e, sobre todo, reflexionar sobre o seu contido reclamando unha “guerra” de bicos e apertas e confesándose “desertor” para o resto das guerras con armas e metal.

Todo va em pendente,

da guerra a serpente tem a comissão,

mas eu sou desertor

pela força do amor do meu coração

sangue não desejo.

Eu peço-te um beijo grande como o mar

Fico desarmado,

De braços alçados Para me libertar.

Sou desertor, Enquanto a terra arde

Mandam os cobardes apagar o sol

Sou desertor

Não é brincadeira

Só sigo a bandeira Deste meu amor. (bis)

Soldado da nação,

Traz civilização no fio do teu metal.

Procuro entre lençóis uma guerra para dois

que não faz tanto mal.

Guerreiro é mercenário,

meu amor é honorário grande tradição

Mas grande é teu honor

Medalha de Desertor

Diz a guerra não

Sou Desertor …..

A paz é chumbo e balas

Se queres com mercá-la é vosso o presente

A guerra é pela paz

É bom quando se faz língua de serpente

Alçados o povo Para pedir de novo

Não à guerra, não todos desertores

Na rua os amores Juntam-se das mãos

Sou Desertor ……

 

Advertisements